sexta-feira, novembro 24, 2006

Não podes


Olhas-me
Mas não me ves
Tocas-me
Mas não me sentes
Beijas-me
Mas o sabor dos meus lábios não conheces
Desejas-me
Mas não me podes ter
Queres-me
Mas não me possuis...

...Porque eu sou um fantasma, uma sombra, nada mais...

Bloody kisses***Ari

2 comentários:

Samodiva Anheel Brujah disse...

mais um pouco e és um fruto de minha imaginação :P, gostei do poema :)

gmmmmmdt**

Joana disse...

Gostei do final do poema =)

E sim, o que escrevi no meu texto é uma pequena historia. Nada de especial, algo que me veio a mente =)

****