segunda-feira, novembro 13, 2006

Ouço


Ouço as vozes murmurantes
Que me chamam suavemente
Ouço os ventos ondulantes
Que me empurravam ligeiramente
Para aquele abismo sem fim
Onde nada existe para além de mim

Ouço a chuva gotejante
Que me molha eternamente
Ouço a noite arrepiante
Que me envolve carinhosamente
Me ama sem nada pedir
Abraça-me e não me deixa fugir


Bloody kixex***Ari

3 comentários:

Joana disse...

Esta muito bom o texto!

Mim gosta =) ****

Samodiva Anheel Brujah disse...

desculpa mas tu e k escreves bem, e kt mais k n seja escrevemos as duas igualmente bem, okis?isto ou tu melhor k eu :P, isto td para dizer k gostei mt*****

Dea disse...

Concordo com as duas...
Apesar de gostar do texto, não consigo deixar de preferir a imagem... *-*'
Gmmmmmmmmmmmmmmmmmmdt!
Bjs**