sexta-feira, dezembro 01, 2006

Caixão de Rosas


No caixão
Repousam as rosas adormecidas
Pedem perdão
Por aquelas vidas esquecidas

Descansam enfim
De uma vida sofrida
Chega por fim
A hora da despedida

Fecham-se
Para não mais se abrirem
Deixam-se
Para sempre dormirem

Bloody kisses***Ari

3 comentários:

Dea disse...

Adoro essa imagem... e o poema está muito bonito... ^-^
Gmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmdt**

Joana disse...

Gostei muito :)

Samodiva Anheel Brujah disse...

eu adoro rosas :)...num caixão mt bonitas tb :)

gostei do poema :)

gmmmmmdt********