quarta-feira, dezembro 20, 2006

Olhar triste

Olhar triste que ninguém nota
Que ninguém tenta alegrar
Olhar triste sem obter resposta
De ninguém para se preocupar

Olhar triste de um ser que quer fugir
Deste mundo que o ignora
Olhar triste que não quer sentir
As amargas horas em que chora

Olhar triste sem vida para dar
Já não sabe que fazer
Olhar triste sem forças para continuar
Desejando alguém que queira saber....

Bloody kisses***Ari

2 comentários:

Joana disse...

Gostei imenso do poema!
Sim, por vezes temos esse olhar trsite dentro de nós, sem ninguem para o animar!
Mas, penso, que aperece sempre algúm no fim...

Bonita imagem***

Samodiva Anheel Brujah disse...

gostei do poema, apesar k repetes demasiadas vezes as palavras "olhar triste", kd o olhar não e reparado...bem talvez seja para contrastar com o conteudo do poema...de kk forma gostei***