sexta-feira, março 30, 2007

Páginas Perdidas

E assim vou caminhando
Olhando em frente
Perdendo pedaços de história
Meras páginas escritas
Outrora
Num tempo que não volta

Ficam caídas por aí
Talvez um dia
Alguém as encontre
E se comova
Ou aprenda algo

Eu perdi-as
Ou deixei-as perderem-se
Não sei
Passado é passado
E embora por vezes presente
Nem sempre
É para ser relembrado

Muitas das vezes
Quero esquecer
Por isso deixo as folhas
Se perderem
No chão da vida



S.A.D. day!!


"O amor encontra-se nas pessoas mais vulgares e simples. Basta não as procurar."

Bloody kisses***Ari

3 comentários:

Joana disse...

Gostei muito.Está muito suave a escrita deste poema, gosta da naturalidade com que falas do passado e dessas páginas...

A imagem é lindissima, tal como a de ontem, das que mais gostei tb `******

Samodiva Anheel Brujah disse...

tb gostei, este e um dos mais bonitos k ja escreveste, na minha opiniao claro :)

ti amo =)****

Dea disse...

Sim, sim, o poema é lindo, as imagens são bonitas e isso tudo, mas a verdade é que não as podes deixar por aí!!! Ai, ai!!! xD
Gmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmdt**