terça-feira, maio 15, 2007

Janela muito pequenina


Existe uma janela muito pequenina na minha alma, a única que me mostra o exterior da vida.
A minha única ligação ao que está para lá de mim, para lá dos meus sentimentos, para lá da minha vida
E é naquela janela muito pequenina que te vejo, que vejo o que perdi...
E vejo todas as pessoas que me fazem ver que não faz mal ter-te perdido pois a vida continua...
E é onde me sento, nas longas horas que me bate a saudade e choro sozinha dentro da minha alma...
E é onde sorriu por tudo o que passámos, por tudo o que vivemos, por tudo de bom que me deixaste...
É na janela muito pequenina da minha alma que aprendo a viver novamente...
Naquela janela muito pequenina que ninguém sabe onde fica...
Onde ficará sempre o amor por ti...


bloody kisses***Ari


text by me
pic by mariana, Convento de Mafra

2 comentários:

Lunar disse...

Gostei imenso do texto! Muito mesmo!
=)
A foto está muito boa, essa janelinha é muito bonita, e todos nós temos uma janelinha assim, para guardar amores e segredos antigos =)****

Samodiva Anheel Brujah disse...

chamar janela e admitir que estara smp em nos...o que contraria mts x o k pensas...

kt ao texto, adorei tu sabes k eu gosto do k escreves *.*

gmmmmmmmdt*****