quinta-feira, maio 03, 2007

Opostos


O Bem e o Mal de mim mesma, a constante dúvida de quem manda
A Luz e as Trevas, a eterna semelhança dos opostos
O Certo e o Errado, a consciência de saber o que faço
A Vitória e a Derrota, o que me torna tudo ou nada
O Calor e o Frio, que me rodeiam e consomem
A Liberdade e a Prisão, a este corpo de simples mortal
O Negro e a Cor, as duas fases de mim
A Presença e a Saudade, aquela dor que me toca bem fundo
O Passado e o Futuro, os caminhos para se escolher
A Vida e a Morte, condicionadas uma pela outra...

...e eu pelas duas



Bloody kisses***Ari

3 comentários:

Lunar disse...

A foto esta muito boa! Gostei imenso!
A gostei do texto, de todos esses opostos, que estao presentes na nossa vida e por vezes nao lhes ligamos nenhuma!
************

Samodiva Anheel Brujah disse...

nao lhe ligamos ou nem nos apercebemos de que eles estao ca presentes...

gostei maninha***gmdt

primo (^_^) disse...

para o ekilibriu s manter tem q haver sempre 2 opostos
nem sempre se tem a coisa q nus convem temus d saber conviver com ambus ;)
* * gmdt * *