terça-feira, julho 24, 2007


Já fui boneca assustadora
Que num instante se tornava encantadora
E também fui delicada
Com aspecto de menina apaixonada

Já fui figura escorregadia
Imitei os passos de uma vadia
Tal como fui maravilhosa
Pequena menina que vivia na Rosa

Já fui ser triste que chorava
Que com seus gritos tudo matava
Mas também fui suave tempestade
Pequena brisa que transportava bondade

Agora sou sorriso leve
Que vive a vida de maneira breve
Sou menina por ele amada
Pequena criança enamorada


text and pic by me
***Ari

3 comentários:

Lunar disse...

Está tão "doce" este poema! Gostei imenso!
Gosto imenso da foto, um sorriso muito lindo, e as cores tammbem estão muito bonitas ^^
***

Rosário disse...

A
D
O
R
E
I
!

Okay isto agora pareceu um comentário um pouco estranho, mas gostei mesmo das "transformações" do poema (assim o comentário sempre parece ter mais substância)
**** =)

Samodiva Anheel Brujah disse...

Está mesmo muito lindo este poema, muito bonito mesmo!!!

****