quarta-feira, janeiro 02, 2008


São tantas as horas vazias
Tantos os pedaços podres do coração
Que me caiem aos pés...

São os momentos perdidos
E as palavras não pronunciadas
A distância que esmaga a alma

Tudo tão duro, tão cruel
Esta dor que me matou sem eu saber
Sem ninguém perceber...
Tão real...

Tão Eu
Apenas Eu...

Bom Ano ^^

text and pic by me
***Ari

2 comentários:

Rosário disse...

Novo ano, novo poema já vi e gostei.

BOM ANO também para ti ^^

Sami disse...

Aff..merda da falta de tempo =\

mas pronto aki tou a comentar com montes de dias de atraso.. gostei do poema =D

beijinho...
tenho saudades de no's =(