quarta-feira, dezembro 27, 2006

Reino prisioneiro

Escutou a chuva lá fora, encostada à janela contava as gotas que escorriam. estava cansada daquela vida pacata encurralada naquele seu reino sombrio sem companhia para além da solidão, sem luz para além da escuridão, sem vida para além da morte... Gostava de poder conhecer o mundo para lá da sua janela, gostava de ver as florestas e os bosques, gostava de olhar a lua a céu aberto, gostava de sentir a chuva na sua pele pálida, gostava de poder tocar aquela negra borboleta que a visitava... Mas nada disso era possível, estava presa naquele seu reino obscuro onde ficaria eternamente fechada, era esse o seu triste fado... Ficar ali observando o mundo lá fora sem poder realmente vê-lo, senti-lo, tocá-lo...

Livre por fora mas presa por dentro...

Bloody kisses***Ari

1 comentário:

Joana disse...

Gostei muito1
Muito bonito, gostei de todo o conceito do texto =)
A imagem acentua na perfeição ****