quarta-feira, janeiro 31, 2007

Lágrimas...

Por vezes choro sem saber o porquê, simplesmente me caiem as lágrimas pela fria face. E quanto mais as tento impedir de cair, mas elas se lembram de brotar.
Não sei se choro por amar ou se é mesmo por me odiar. Só sei que choro, e passo horas a chorar, e nada no mundo é capaz de me animar.
Nem as belas lembranças nem as ternas memórias, nem mesmo alguns pedaços de histórias.
Faço de tudo para parar, pois de chorar estou eu cansada…
Peço a Lua que me venha guardar, o vento abençoar, e a noite embalar… Pode ser que assim as tristes lágrimas parem de desabrochar…

Bloody kisses***Ari

2 comentários:

Joana disse...

Mas quando somos realmente obrigados a chorar, temos de o fazer, pois a nossa alma não aguenta mais as lágrimas contidas.

Gostei do texto, embora triste...

E da imagem ***

Despenteada disse...

Gostei muito do texto e da imagem!
As lagrimas realmente podem ser uma faca de dois gumes, e as nossas lagrimas sao más quando provocam tristeza nos outros...**