domingo, fevereiro 04, 2007

Não sei que dizer
Não sei que pensar
Estou cansada de mentir
De te tentar ignorar

Leva-me à loucura
Esta minha obcessão
Parece uma tortura
Pela eterna escuridão

Farta das mágoas e da dor
Chorando sempre abandonada
só te quero dar o meu amor
Nesta eterna vida desamparada


Bloody kisses***Ari

3 comentários:

Joaninha1voa disse...

boa :)
ta 5*, o texto..
gosto da maneira como te expressas..
bj***

Joana disse...

Gostei do poema!
A iamgem é muito bela, gostei do conjunto*

Despenteada disse...

Adorei este poema, pequenita =) muito expressivo e melódico**