quarta-feira, abril 25, 2007

E continuo subindo as escadas que me
levam para a Morte
Desejando encontrar vida no seu final
Subo cada degrau chorando
Suplicando menos dor
Sei que mereço o que sofro
Mas por isso mesmo subo estas escadas
Pedindo, implorando
Que alguém ouça meu pranto

E sempre a subir eu vou
Sabendo que o fim está cada vez mais
próximo
Que depois nada mais terei
Senão uma eterna lei
De chorar sozinha e esquecida
Pobre alma perdida
Mas mesmo assim subirei
Pagarei por tudo o que errei

Quem sabe um dia alguém me escute
Alguém venha minhas lágrimas secar
Alguém que também suba as escadas
Sabendo que não tornará a descer
Pois este é o destino dos que fazem
sofrer
Almas pecadoras que não quiseram saber
E estão destinadas a no cimo das
escadas morrer



Bloody kisses***Ari

3 comentários:

Samodiva Anheel Brujah disse...

este poema é bonito...mas axo k todos caminhamos para a morte...a morte é inevitavel :)

ti ami***********

Joana disse...

Muito belo o poema!
Mas vais ver, que vais chegar ao cimmo das escadas, e não estaras sozinha! Terás sempre os teus amigos, para te amparar as quedas e suavizar os choros!

adorei o poema!
a imagem é lindaaaa****

Rosário disse...

Desculpa a intrusão. ^^

Gostei bastante do poema e a imagem está bastante de acordo, além de ser bonita.

Fica bem ***** =)