quinta-feira, abril 26, 2007


Todas as portas estão fechadas
Todas as esperanças trancadas
Perdi-me neste corredor sem fim
Perdi-me dentro de mim

Perdi-me e não me consigo encontrar
Esqueci-me de para mim mesma olhar
Agora sou este ser esquecido
Neste sitio que também está perdido

Busco algures um pouco de vida
Para me deixar de sentir perdida
Procuro alguma razão para viver
Para me ajudar a deixar de sofrer

Mas por agora nada encontro
Só portas fechadas
Esperanças trancadas



Bloody kisses***Ari

2 comentários:

Joana disse...

gostei imenso!!!
A fotografia esta muito bonita! Mesmo! =)
Amei o poema, embora triste, esta muito bom!

E uma dessas portas, haverá de se abrir=)*******

Samodiva Anheel Brujah disse...

a foto ta bonita, tas com os olhos brancos :P...e eu sei k essas portas abrem ^^, nem k vá eu abri-las para ti :)... n gosto k andes tiste....

enfim, o poema tb ta bonito, e tiste...mas nao seram assim para sempre :)