quinta-feira, maio 10, 2007

Guardiã dos meus portões

Guarda bem os portões da minha alma
Não deixes ninguém entrar
Toma conta deles com calma
Mas não cedas à vontade de amar

Guarda-os como se fossem os teus portões
Cuida deles até ao amanhecer
Trava a entrada a todos os corações
Não faças a minha alma sofrer

Guarda a entrada para o meu coração
Sê firme na tua decisão
Guardiã dos meus portões
Minha protectora de todas as situações



bloody kisses***Ari

2 comentários:

Lunar disse...

Pois, mas essa guardiã nem sempre pode guradr esses porto~es!!

Adorei o poema!
Imagem 5* *********

Samodiva Anheel Brujah disse...

nem smp pode, cm n deve... tu nao vais ir pa freira cm diz o meu maninho :P

gostei*******