sexta-feira, junho 15, 2007

Sentada à janela


Sentada à janela, vejo a noite cair, as luzes ao fundo começam a acender, mostrando-me que existe vida para além daqui.
O céu escurece aos poucos, as estrelas começam a despontar em cantos distantes, e a Lua renasce novamente para mim.
O tempo, a noite avança, mas eu continuo parada, aqui sentada, esperando algo mais que as estrelas, a Lua, os carros ou as luzes de outras cidades. Eu espero pela tua chegada... Mas de tudo o que acontece, tu és o que mais tarda em chegar, deixando-me aqui sozinha vendo o mundo lá fora, a noite a avançar... E eu sem nada, sem ti...
Sentada à janela vejo a noite a partir, as luzes ao fundo a começarem a apagar-se, o céu clareia lentamente, as estrelas quase já se foram, só a Lua ainda ali está, fazendo-me companhia.
Sinais de ti? Nenhuns...
Não vieste novamente esta noite, mas não faz mal, pois quando a noite tornar a cair, eu aqui estarei sentada, à tua espera...



Bloody kisses***Ari


Text and pic by me
Foto espontânea, texto espontâneo... Não de tristeza mas de esperança ^^

2 comentários:

Lunar disse...

Amei o texto. Muito belo mesmo!
Mas essa fotografia,para mim está soberba! Só tenho pena que não apanhe a tua cabeça. Adoro o tempo que se ve na janela, e adoro o facto de estares de branco! Dá uma sensação de melancolia, em conjunto com o t,po que se ve da janela!
Adorei todo o conjunto, espontaneo, mas muito bom!!
**********

Samodiva Anheel Brujah disse...

Lindo texto, adorei msm, é bom saber que ha esperança em teu coração =)

e adoro a foto, principalmente o tempo ^^

amo-ti maninha*******