quinta-feira, junho 14, 2007

Janela que separa os mundos


E assim me despeço deste mundo tão alegre
Assim digo adeus às cores, à vida
Fechando a janela que separa os mundos
Recolhendo-me às sombras e a dentro de mim mesma

Porque não pertenço ao lado de fora
Não me enquadro na imensa alegria desse mundo
E até mesmo neste mundo fechado
Minha pele branca chama demasiado a atenção

Assim prefiro remeter-me ao silêncio
Às sombras e ao vazio
Fechar a janela
A janela que separa os mundos


Bloody kisses***Ari

text and pic by me

2 comentários:

Samodiva Anheel Brujah disse...

Adorei o poema, apesar que acho que não te deves fechar nesse mundo... não quando neste há quem te queira por perto.

a imagem é linda ^^

gmmmmmmdt***

Lunar disse...

Adorei este poema!
Muito belo mesmo!
Tambem gostei da foto, mas ia gostar mais se tivesse a cores****+