quarta-feira, agosto 29, 2007

Alma Fragmentada


Onde está a menina que outrora fui?
Por onde ficou perdida a alma fragmentada que era?
Perdi-a algures na mudanças dos Tempos
Deixei-a por aí esquecida num canto do mundo

Onde anda a menina que agora só observo?
Por onde andarão os fragmentos que larguei ao vento?
Presa num quadro
Pregada numa parede da cor do Sangue, do sangue que ela derramou

Onde irás parar menina quebrada?
Por onde ficarás alma fragmentada?
Sei que um dia morrerás sozinha nesse mundo cruel
Mas um retrato de ti sempre comigo ficará...


text and pic by me
***Ari

2 comentários:

Lunar disse...

Adorei o poema!
E a foto, esta muito boa! uma perede igual a minha e tal , eheheh, uma menina bonita, e uma foto toda gira na parede, sim srªA!
Good work!!
***

Samodiva Anheel Brujah disse...

eu gosto de tu parede ="

o teu poema adorei =3

k dia, obg maninha *.*

amoutiiiiiii****