sexta-feira, agosto 24, 2007

Demos as mãos

Um dia fizemos um pacto
Que na vida e na morte seriamos sempre
Tu e Eu
E que jamais de qualquer maneira
Soltariamos as mãos.

Passámos muitas barreiras
Sofremos muito nas teias da vida
Mas nunca sobre tempestade alguma
Tu deixaste a minha mão.

Mesmo quando só havia o lamentoso pranto
Nos momentos obscuros que passámos chorando
Jamais sobre alguma lágrima
Deixei que tua mão saisse da minha.

Porque uma promessa é para cumprir
Um amor para se viver
E mesmo quando o mundo se virou contra nós
Não soltámos as mãos.

Porque...

Demos as mãos na dor
Juntámos as almas na amargura
Sentimos o frio da Morte a chegar
Em nosso corpo a se instalar
Mas nunca largámos as mãos...


text by me
***Ari

3 comentários:

Lunar disse...

O importante é mesmo nunca largaras mãos :)
Gosto imenso dessa foto, é linda ****

Magykeiser disse...

Foto linda, gostei da ideia do poema...
Beijos

Samodiva Anheel Brujah disse...

Aff...

o poema é lindo, adorei mesmo, as promessas são lindas quando cumpridas ^^

a foto tb e linda, axo k ja conhecia, mas é bonita na msm =]

amotee'' maninha