terça-feira, abril 24, 2007

Estou tão presa a ti
Ao tempo que já passou
Estou encurralada em mim
Neste sentimento que ficou

Quero soltar estas amarras
Prisão que me sufoca
Libertar-me destas garras
Cela que me esgota

Quero quebrar as correntes
Libertar esta dor
Romper todas as mentes
Todas as lembranças do amor

Mas nada consigo senão mais sofrimento
Mais presa a mim mesma e a ti
Parece eterno este tormento
Que me está a matar assim



Bloody kisses***Ari

2 comentários:

Samodiva Anheel Brujah disse...

lindo poema...mas ixo ja tu sabias :)

ti amo mana...***

Joana disse...

Muito bonito, embora muito negativo!
Se não te consegues libertar, tenta ver o lado bom dessa prisão! Se não existir lado bom, nada podes fazer senão lutar para te libertares!
A imagem é muito bonita ^^
Goostei***